Diáconos e esposas na Assembleia da CND em Aparecida

Cinco diáconos permanentes e três esposas, do diaconado da Diocese de Jundiaí, participaram entre os dias 18 e 21 de maio, da II Assembleia Não Eletiva da Comissão Nacional dos Diáconos (CND), realizada no Centro de Espiritualidade Redentorista -Seminário Santo Afonso – em Aparecida (SP).

Participaram o presidente da Comissão Diocesana dos Diáconos (CDD), diácono Irvando Luiz Ferreira da Silva, da Paróquia Cristo Redentor de Várzea Paulista, e sua esposa Lúcia; diácono Valdeci Florentino dos Santos, da Paróquia Sagrada Família de Itu, e sua esposa Luciane; diácono Bartolomeu de Almeida Lopes, da Diaconia da Esperança e Paróquia São Judas Tadeu de Itu, e sua esposa Aracy; diácono Paulo Morais de Oliveira, da Paróquia São Francisco de Assis de Campo Limpo Paulista e diácono José Carlos Pascoal, da Paróquia São Benedito de Salto e assessor de Comunicação da CND.

A Assembleia teve como tema “A Vocação Diaconal e o Diácono na Igreja, na Família e na Sociedade, à Luz do Documento de Aparecida”. Foram assessores: Dom Jaime Spengler, Arcebispo de Porto Alegre (RS), e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, que falou sobre “A Vocação Diaconal na Família”, e o diácono José Durán y Durán, da Diocese de Palmares (PE), que apresentou o tema “O Diácono na Igreja e na Sociedade à Luz do Documento de Aparecida”.

O principal item da pauta foi a apresentação e votação do novo Estatuto da CND, que foi aprovado pela Assembleia e que agora será entregue à presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil para aprovação. O texto final foi preparado por uma comissão designada pela presidência da CND, com apresentação na Assembleia do diácono Durán.

Outro ponto de destaque foi a celebração diaconal do Ano Nacional Mariano, em comemoração aos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida. A missa foi celebrada no Santuário Nacional de Aparecida, na sexta-feira dia 19 de maio, pela manhã, e foi presidida por Dom Jaime Splengler e concelebrada por Dom João Francisco Salm, Bispo de Tubarão (SC), padre Deusmar de Jesus, assessor da CMOVC/CNBB (Ministérios Ordenados), e padre Jorge Dalagnon, assessor dos diáconos da CRD Sul III. Os diáconos e esposas tiveram um espaço reservado próximo ao Altar Central da Basílica.

 

Colaboração: Diácono José Carlos Pascoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *